Ângela Faria de Paula Lima

Nada se torna realidade antes que um dia tenha sido sonho

Textos


 
 
POSTEI UM AVISO NO FACEBOOK PEDINDO QUE ME AVISASSEM, IN BOX ,QUEM NÃO QUERIA SER MARCADO NOS MEUS POSTS. E ACABEI POR OOFENDER QUEM EU NÃO TIVE INTENÇÃO... PEÇO DESCULPAS, PUBLICAMENTE, A QUEM SE SENTIU CONSTRANGIDO. NÃO FOI ISSO QUE DESEJEI!
 
CARREGANDO....
 
Difícil meio termo nesta vida
E agradar a todos! Confusão!
Não imagino haver uma saída
De consertar o caos da incompreensão
Parece o conto do velho e do menino
Que iam, com um burro, ao mercadão
Vender o animal. E no caminho
Recebiam de todos sugestão
Montar no burro ou quem sabe ir a pé?
Monta o velho ou monta a criança?
Nada parece resolver! Desesperança!
A solução, já não sei mais qual é!
Tentei com meu aviso dar direito
A quem imaginar ser desrespeito
Pedir que não lhes marque em meu cartão!
Mas qual o quê! Neste meu zelo, errei!
E agora, o que fazer, eu já não sei...
O JEITO É CARREGAR MEU “BURRO” ENTÃO!
 
Ângela Faria de Paula Lima
05/06/2017

 
ÂNGELA FARIA DE PAULA LIMA
Enviado por ÂNGELA FARIA DE PAULA LIMA em 05/06/2017
Alterado em 05/06/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Angela Faria de Paula Lima-MG). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras