Ângela Faria de Paula Lima

Nada se torna realidade antes que um dia tenha sido sonho

Textos


DOR E FLOR...
 
Essa dor não pertence a ti somente!
Ela pertence a todos que se doam
Ela pertence a todos que entoam
Um cântico ao amor, fértil semente...
 
Essa dor da saudade é consistente
Não são as brisas leves que povoam
Nem mesmo são as vozes que ecoam
E passam, com o tempo, livremente...
 
É um esgarçar de alma, dor pungente,
Saudade que corrói avidamente
O coração, a alma sem pudor!....
 
E havemos de senti-la passo a passo
Até que se desfaça o forte laço
E a Dor Maior, transmute-se em flor....
03/06/2017
 
Ângela Faria de Paula Lima
 
Acompanhando Ania e seu belíssimo soneto QUANTAS VEZES MAIS
http://www.recantodasletras.com.br/sonetos/6016286
 
ÂNGELA FARIA DE PAULA LIMA
Enviado por ÂNGELA FARIA DE PAULA LIMA em 03/06/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Angela Faria de Paula Lima-MG). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras